'Quem é fã de verdade não mata', diz Eliana após ataque a Ana Hickmann

Eliana abriu o seu programa prestando apoio e solidariedade à colega


Eliana abriu o seu programa, no SBT, neste domingo (22), prestando apoio e solidariedade à colega Ana Hickmann, vítima de um ataque homicida na tarde deste sábado, em Belo Horizonte (MG).

A apresentadora do SBT disse que "quem é fã de verdade não mata" e que "só Deus mesmo para entender a mente humana".

"Só Deus mesmo para entender a mente humana. Como explicar essa linha que divide o amor, o ódio, a admiração e a loucura? A mesma mente humana, que é a capaz de nos surpreender e nos emocionar, é também capaz de nos chocar com tamanha frieza e perversidade. Não devemos julgar, mas, com certeza, é difícil de compreendermos esses atos. É importante ressaltar neste momento que quem é fã de verdade não mata", discursou ela na abertura do seu programa. "Só posso desejar à família da Ana paz e que o amor sempre vença e nos proteja da ira e da maldade alheia", finalizou.

Eliana foi substituída por Ana à frente do "Tudo é Possível", na Record, em 2009, quando decidiu retornar ao SBT. Ambas, no entanto, sempre mantiveram um bom relacionamento.

Ana Hickmann sofreu uma tentativa de homicídio na tarde deste sábado, em um hotel em Belo Horizonte (MG). O atirador invadiu o quarto onde ela estava hospedada e tinha intenção de disparar contra a apresentadora, segundo informações da Polícia Militar.

O atirador foi identificado pelo nome Rodrigo Augusto de Pádua, um rapaz de 30 anos, morador da cidade de Juiz de Fora (MG). Ele se dizia fã de Hickmann.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o suspeito estava no corredor do 9º andar do hotel, abordou o cunhado de Ana Hickmann, Gustavo, e o levou até o quarto. O suposto fã fez a apresentadora, o cunhado e sua mulher, assessora de Ana de reféns e obrigou os três a se sentarem de costas para ele, informou o programa da Band.

Em seguida, o indivíduo começou a destratar a vítima com palavras pejorativas e de baixo calão. O cunhado, Gustavo, levantou-se e foi em direção ao criminoso, Rodrigo, que efetuou dois disparos em direção da vítima, Ana Hickmann, informou o Boletim de Ocorrência. Dois tiros atingiram Giovana Oliveira, assessora de Ana e mulher de Gustavo.

Segundo o boletim, "as vítimas saíram correndo do apartamento, e Gustavo entrou em luta corporal, conseguindo desarmar o agressor".

Ana Hickmann irá ao hospital saber o estado de saúde da assessora e, em seguida, deverá prestar depoimento no 22º Batalhão da Polícia Militar.

Comunicado

A Record enviou um comunicado à imprensa, no qual se solidariza com a apresentadora Ana Hickmann.

"Neste sábado, dia 21/05, a apresentadora do programa 'Hoje em Dia', Ana Hickmann, foi vítima de um atentado em um hotel de Belo Horizonte . Um homem armado conseguiu entrar no quarto em que ela estava hospedada e efetuou disparos. Ana não foi atingida. Os tiros atingiram a cunhada de Ana, Giovana Oliveira, que foi socorrida e levada para um hospital da capital mineira.

Ana Hickmann e seu cunhado, Gustavo Correa, estão bem.

Neste momento, a Record deseja a mais rápida recuperação de Giovana e informa que Ana, apesar de tudo o que aconteceu, está se recuperando desta absurda situação."

Nota publicada por UOL

© Copyright 2015. Website by Eliana Life