Eliana faz discurso sobre machismo e desigualdade de gênero


A apresentadora Eliana Michaelichen falou sobre o machismo e a desigualdade de gênero no Brasil durante uma entrevista ao "Programa Raul Gil", do SBT, no último sábado, dia 1º de outubro. Para ela, votar foi o único direito conquistado pelas mulheres até agora.

"A mulher não tem direito de ir e vir sozinha, porque se você está sozinha num restaurante vão te olhar torto, e se você está de saia curta no transporte público é porque você está querendo alguma coisa", afirmou. E continuou: "Infelizmente, o mundo é muito machista, não é só no Brasil, tem muito preconceito com a mulher. O único direito que a gente teve foi o de votar. Sinceramente, o resto a gente ainda está engatinhando".

Eliana também comentou sobre a desigualdade de gênero nos salários: "Existe machismo demais em nosso país, em tudo, por exemplo, com relação ao salário. Eu acho que os homens - seja na TV, no esporte, no escritório, em qualquer lugar -, se você exerce a mesma função, a mulher sempre ganha menos".

Em seguida, Raul Gil interrompeu e questionou a apresentadora. "Onde isso? Na televisão? Queria ganhar o que você ganha", rebateu. Depois, Eliana ainda discursou sobre usar roupas curtas e garantiu que a mulher tem que ter o direito de vestir o que se sentir bem. Por fim, ela pediu para os jovens terem consciência e ajudarem a mudar o mundo em que vivem.

Assista ao vídeo:




© Copyright 2015. Website by Eliana Life