Eliana abre seu dúplex no Rio e dispara: "Me considero uma pessoa abençoada"

Paulistana, a apresentadora mostra a vista incrível que a inspira quando está na Cidade Maravilhosa


Era para ser apenas um pequeno QG no Rio de Janeiro, onde pudesse ficar entre uma gravação e outra de seu programa dominical. Nascida e morando em São Paulo, Eliana, 42 anos, sentia falta de um lugar para descansar e curtir com calma um pouco a capital fluminense. “A vida corrida me fez procurar um apartamento confortável para ficar tranquila no Rio. Era para ser algo simples, porém, na época, encontrei um amigo que me falou de um imóvel incrível, com uma vista de tirar o fôlego. Eu nem dei muita bola, mas aquilo ficou na minha cabeça”, conta a apresentadora. Do encontro, ficou a lembrança e a curiosidade de conhecer o tal endereço. Porém, ela relutou durante um ano inteiro até finalmente ceder. “Nenhum apartamento que visitava me chamava a atenção, não encantava em nada. É óbvio que fiquei com a dica do meu amigo na cabeça. Foi então que eu resolvi dar uma passada no tão maravilhoso apartamento. Quando abri a porta e dei de cara com aquela vista, precisei me segurar muito para não soltar um grito muito alto de felicidade. A minha vontade era comemorar, mas me acalmei para não dar na cara que queria muito fechar o negócio. Vai que o corretor, vendo minha euforia, decidisse cobrar mais caro (risos)!”

Foi então que, em 2009, Eliana deixou de lado a “praticidade” que tanto buscou por uma vista privilegiada da Lagoa Rodrigo de Freitas, em um apartamento dúplex, com cinco suítes no andar inferior e uma área social no superior (veja mais informações sobre a casa no boxe das páginas 14 e 15). Além de curtir o belíssimo cenário que tem na janela de casa, que é, como diz, seu “maior investimento”, a apresentadora adora observar o Cristo Redentor ao lado do filho, Arthur, 4, fruto do seu casamento de oito anos com o empresário João Marcelo Bôscoli, 45, filho de Elis Regina (1945-1982). “Gosto de ver meu filho correndo pela sala, girando na cadeira amarela e olhando curioso para o Cristo, da luneta que já está posicionada para o ponto turístico! Além disso, amo convidar meus amigos e os do Adriano para jantar em casa e, quando sobra um tempo, até tento tomar um sol na ‘laje’ (risos)”, revela. Com 27 anos de carreira e no ar aos domingos há dez, ela diz que fica feliz em ver que seu esforço está valendo a pena. “Construir uma trajetória de sucesso, há tanto tempo, é fruto de muito trabalho. Desisti de uma faculdade, perdi muitos momentos da minha vida ao lado da família. Porém, vejo que valeu a pena. Eu me considero uma pessoa abençoada e dou muito valor a tudo o que conquistei.”


Quase carioca

Além dos programas em casa, a apresentadora não deixa de apreciar os restaurantes da região, os ateliês de arte de Santa Tereza e ainda adora ir aos bailes charme, no bairro da Lapa, ou a um show no Circo Voador, acompanhada do namorado, o diretor de TV Adriano Ricco, 38. “O Rio é minha segunda casa, eu me sinto bem com toda essa descontração. Desde que pisei pela primeira vez aqui, há cerca de 20 anos, é a mesma sensação gostosa. Vinha para gravar os meus álbuns infantis e sempre passava na praia antes de entrar no estúdio. A cidade me abraçou lindamente e me deu muitos momentos adoráveis, como ter passado o primeiro Révellion do Arthur no meu apartamento. Quero que ele aproveite tudo o que puder daqui!”, planeja Eliana, que já imagina o filho voltando para almoçar, depois de um dia de praia com os amigos. “Quando você se torna mãe, acaba deixando o seu bem-­estar de lado para cuidar da felicidade dos filhos. Hoje, tenho certeza de que o Arthur vai se divertir muito com os amigos, com o irmãozinho dele… Meu investimento está em boas mãos”, diz Eliana, se referindo ao segundo filho do ex-marido, Andre, com a pianista Juliana D’Agostini, 29, nascido no fim de janeiro. “Arthur fez questão de comprar presentes para ele, durante nossa viagem à Disney World. Quando o levei para conhecer o bebê, ele me disse que o irmãozinho era macio e tinha cheiro de balinha. Não é a coisa mais gostosa que você pode ouvir?”


Saudades faz bem

Namorando há cerca de um ano na ponte aérea, já que Adriano mora na Cidade Maravilhosa, Eliana ainda não tem planos de ter outro filho. “Estamos indo com calma, deixando as coisas acontecerem naturalmente no nosso relacionamento. Se resolvermos casar e ter um filho, é o futuro quem dirá. Viver na ponte aérea é uma experiência nova para mim, nunca passei por isso. É difícil não ter alguém para compartilhar seu dia, quando você chega em casa. Mas estou sentindo muitas saudades e isso é bom, pois assim aprendo a valorizar a pessoa e o tempo que eu tenho para ficar com ela.”

Nota publicada por Contigo

© Copyright 2015. Website by Eliana Life