Vestido clássico favorece a silhueta feminina. Veja os detalhes do look da Eliana

Decote tipo envelope e comprimento da peça são democráticos e desenham a silhueta


Feminilidade e sofisticação são as marcas do look usado por Eliana para apresentar o programa deste domingo (9). O rosa vibrante dá ao vestido, quase um clássico, um ar de positividade e descontração perfeito para o Dia dos Namorados. “A mistura dos acessórios em preto e branco com o pink é uma trilogia clássica, que representa uma imagem muito feminina”, conta o stylist Luis Fiod, responsável pela produção. 

O modelo, quase um vestido envelope, marca bem a cintura e valoriza a silhueta da mulher. Além disso, a peça é ótima para o inverno, pode ser encontrada com mangas longas ou sete oitavos e combinada com blazers, paletós e jaquetas. Saiba mais sobre o look:


DaquiDali: Por que a escolha desse look? O que ele representa? 
Luis Fiod: Como estamos perto do Dia dos Namorados, ele tem uma cor muito positiva, ultrafeminina e ao mesmo tempo é sofisticado e muito vibrante. Além disso, o vestido, que é um Diane Von Fürstenberg, tem um jeito “cool” de ser, tem uma modelagem que valoriza a silhueta: deixa a cintura fininha, mas também é bastante confortável. Os braceletes escravos em branco, da Swarovski, e as sandálias pretas Giuseppe Zanotti são uma trilogia clássica, com uma imagem forte e um trabalho de cristais muito bacana.


O rosa é uma cor que vai bem em todas as mulheres ou existem tons certos para cada tipo de pele? 
O tom deve ser escolhido de acordo com a pele e os cabelos. E também depende muito dos demais elementos da produção. Na da Eliana, usamos elementos que completassem o estilo bem feminino. Tem que combinar muito com a personalidade de quem usa.


Esse modelo de vestido veste bem a maioria das silhuetas? 
Esse vestido é quase um clássico com a frente em forma de um envelope e veste bem qualquer mulher. Esse decote dá um desenho bonito, não é ostensivamente chamativo, mas tem uma sensualidade. É uma peça muito democrática, e como termina na altura do joelho, mesmo que a pessoa seja muito alta ou muito baixa, sempre fica em um comprimento bom. Acho que é um curinga no guarda-roupa feminino e funciona sempre muito bem, em qualquer ocasião. 

Naiara Taborda

Nota publicada por DaquiDali em 09/06/2013
© Copyright 2015. Website by Eliana Life