Poderosa Eliana

Em um momento mais que especial, a apresentadora Eliana não só saboreia a vice-liderança na TV aos domingos como também curte cada instante ao lado do fofo Arthur, seu filho com o produtor João Marcello Bôscoli


Ela é a mulher mais vista da televisão brasileira nas tardes de domingo. Mas não é só isso: além de permanecer na vice-liderança de audiência com o seu programa Eliana, a apresentadora assina vários produtos, mantém um portal de moda e beleza, fundou uma editora de livros de arte, a Master Books, já atuou em filmes e lidera um bloco infantil no Carnaval de Salvador. Parece muito? Pois saiba que ela é quem toma conta da própria carreira, coroada com o Troféu Imprensa em 2011 e 2012.

Ao todo, Eliana Michaelichen conta 24 anos sob os holofotes. Sua trajetória começou na infância, quando a já bela paulistana, filha de pai cearense e mãe paranaense, atuava como modelo em desfiles e comerciais. Na adolescência, aos 14 anos, passou a integrar o grupo musical A Patotinha. Aos 17, cantava no Banana Split, até que em 1991, após brilhar em uma participação no programa Qual é a Música?, foi convidada pelo empresário Silvio Santos a comandar uma atração infantil no SBT. Com o coração aberto, a diva mergulhou no universo das crianças conduzindo produções como Festolândia, Sessão Desenho com Eliana, Bom Dia & Cia, Eliana & Cia e TV Animal, e gravando discos que venderam mais de 3 milhões de cópias.

Em 1998, mudou de emissora e foi para a Record, onde esteve à frente de Eliana & Alegria, Eliana na Fábrica Maluca, Programa Eliana, Eliana no Parque e Tudo é Possível. Em 2009, retornou ao SBT. Nesse meio tempo, seu público foi crescendo e a artista então viu-se falando com adolescentes e, depois, com adultos. Essa experiência acabou lhe dando a habilidade de conversar com diferentes faixas etárias. Tanto que ela considera seu atual show uma forma de entretenimento para a família e, sobretudo, para as mulheres. São dedicadas a elas, por exemplo, as dicas de beleza e make-up exibidas toda semana pelo maquiador André Sartori, que produziu a estrela para as lindas fotos da nossa capa. Não por acaso, entre os 180 produtos que levam o nome Eliana está uma linha de maquiagem e esmaltes. Sem contar o portal Daquidali, lançado pela bela em 2012, com conteúdo bacana de moda e beauté.

Sobre os licenciamentos, ela é taxativa: “Respeito ao consumidor e qualidade são os pré-requisitos para o lançamento de itens com a minha marca. Eu me empenho muito em ser criteriosa e atenta aos detalhes, cuidando pessoalmente de tudo junto aos profissionais competentes de cada área. Só lanço produtos que uso e nos quais acredito”.


Linda mulher

Para Eliana, ser bonita é “se aceitar”. Mas a apresentadora não precisa fazer muito esforço para isso, não é? Dona de madeixas loiras do tipo sonho de consumo e de faiscantes olhos verdes, ela se cuida para aperfeiçoar aquilo que Deus lhe deu. Desapegada, conta que já teve cabelão, adotou um curtinho por dois anos e que decidiu deixar as madeixas crescerem quando se tornou mãe: “A maternidade me deixou mais feminina do que nunca”, admite. Ainda assim, ela apara a cada três meses, religiosamente: “Os dois últimos cortes foram com o Rodrigo Cintra, mas o Mauro Freire e o Sergio G também já mexeram no meu cabelo”, lembra a apresentadora, que aproveita as idas ao salão para fazer hidratação e comprar produtos profissionais: “Eles fazem toda a diferença na manutenção da cor e na beleza dos fios”. Entre os cosméticos dos quais não abre mão está o leave-in capilar, que “ajuda a pentear sem quebrar e ainda faz uma leve hidratação”.

No quesito make-up, a artista sempre recorre aos maquiadores quando tem um evento: “Afinal, eles estudaram para deixar a gente mais bonita”, acredita. Mas sozinha, no dia a dia, ela bate um bolão: “Adoro me maquiar e até já coloquei cílios postiços num carroem movimento. Tenhominhas técnicas...” Como toda mulher, Eliana também ama pintar as unhas e não tem medo de ousar. Principalmente no verão, ela vai de pink, laranja, verde... Já no inverno, prefere tons sóbrios como vermelho, vinho e preto. “De uma maneira geral, adoro cores. Os branquinhos, para mim, estão um pouco em baixa ultimamente.” Sua relação com as manicures não podia ser melhor: “Gosto das bem-humoradas, dou muitas gargalhadas com elas”. A bela acha importante que essas profissionais estejam antenadas com as tendências e se recorda de um caso especial: “Há uma moça que faz sucesso com as artistas do Rio. Ela se chama Vânia e sustenta a família andando pela cidade com uma moto cor-de-rosa, é um exemplo de vida!”

Beauty TV

Eliana faz questão de inserir em seu programa pautas sobre beleza e saúde. O objetivo é elevar a autoestima das telespectadoras. “Procuro olhar para esse tema como mais uma ferramenta na busca pela felicidade individual. Quero compartilhar conhecimento e alto astral”, justifica a apresentadora, que leva essa filosofia para casa. Sem seguir dietas extremas, ela mantém um hábito ensinado por sua nutricionista, Roseli Ninomya: “Como pouco e várias vezes ao dia, a cada três horas. Claro que saio da regra de vez em quando, mas ter em mente essa fórmula me ajuda muito. É saudável”. Para agüentar o pique da TV, a loira recorre aos exercícios físicos feitos sob orientação do personal Alexandre Rebello. Mas sem radicalismos, o que é bem o seu estilo: “Ele vai à minha casa quatro vezes por semana, pela manhã. Mas confesso que às vezes a aula vira uma boa sessão de bate-papo, à mesa do café da manhã, para falar sobre os filhos”, revela, aos risos.

Diva chiquérrima!

André Sartori assina o look da nossa capa. Ele se inspirou neste final de verão e começo de outono para fazer um visual sofisticado, digno de estrela. Escovou as madeixas com leave-in, dividiu-as em mechas e aplicou musse Extra Hold. Depois, fez rolinhos com os dedos, secou com o difusor e soltou. “O cabelo veio cacheado e fui desfazendo os caracóis com o secador”, revela o expert, que também contou os segredos do make: “Usei base num tom bege médio e corretivo bege claro no centro da testa, no topo do queixo e abaixo dos olhos para corrigir e iluminar. Pincelei pó translúcido sobre o rosto e concluí com blush rosa malva. Nos olhos, iluminei o canto interno com sombra branco-gelo. Passei a cor marrom no côncavo e esfumei outra, dourada. Do meio para o lado externo, espalhei sombra preta brilhante e fiz um risco de lápis preto, tudo esfumado, rente aos cílios inferiores e superiores. Na boca, batom rosa opaco e gloss transparente”.

Nota publicada por Revista Cabelos & Cia em 05/03/2013
© Copyright 2015. Website by Eliana Life