Na Semana da Dislexia, famosos aderem à campanha ‘Eu Posso’


São mais de 6 milhões de brasileiros com transtornos de aprendizagem, mas, ainda assim, a desinformação sobre o assunto é praticamente total. Na manhã desta quarta-feira (10.10), as redes sociais foram tomadas por posts com fotos de celebridades que aderiram à campanha ‘Eu Posso’, do Instituto ABCD, com a intenção de conscientizar pais, professores e governo sobre a necessidade de adaptar a metodologia em sala de aula para ajudar os disléxicos a superar os desafios do transtorno.

Gilberto Gil, Sabrina Sato, Mariana Weickert, Astrid Fontenelle e tantos outros posaram com a camiseta da campanha. O instituto foi fundado em 2009 pelo empresário Patrice de Camaret, que teve um filho diagnosticado com dislexia e decidiu levá-lo para a Inglaterra em busca de soluções de ensino adaptadas à condição da criança. Desde então, ele vem se dedicando a melhorar a abordagem do transtorno nas salas de aula do Brasil. Durante toda a Semana da Dislexia, a entidade promoverá ações nesse sentido em todo o país.

Nota publicada por Coluna Bruno Astuto/Revista Época em 10/10/2012
© Copyright 2015. Website by Eliana Life